Follow by Email

terça-feira, 10 de abril de 2012

Eu.....

Eu nunca fui e nunca quis ser uma moça bem comportada. Nas minhas veias escorre o sangue vermelho e absoluto de uma mera moça machucada. Odeio dois beijinhos, gente ignorante, aperto de mão e pessoas grudentas. Eu sou do tipo dramática, intensa e momentânea. E nunca tive vocação pra ser santa. Não suporto falsidade, se quiser não precisam gostar de mim, não estou pedindo nada disto. Só quero aprender a gostar dos meus próprios detalhes confusos. Detesto puxação de saco, não puxo o de ninguém então também peço alguma compreensão a vocês. Ah e que se dane aqueles que não gostem de mim, eu não venho com manual de instruções que esteja escrito “como aprender a gostar desta moça confusa” então vão se danar, estou poco me lixando para a opinião alheia. Desejo da vida, o que ela tem de mais intenso e bonito. Fui feita para ser livre, voar longe, voar alto. A prisão em algum lugar possa ser o meu maior castigo. Possuo um coração quente e bobo, que sempre se apaixona pela coisa errada. Sempre fui de acrescentar enfase a alegria quando ela aparece. Não gosto do comum, o diferente sempre me atrai. Por isso não me venha com coisas clichês. Venha a mim com um copo de Whisky, com um tom de voracidade, e um ar de lobo mau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário